House Church


Você é um discípulo ou um seguidor de Cristo.

22-01-2011 12:15

 

Jesus Cristo nos chama a atenção sobre as qualidades que seus discípulos devem ter e que nos levam a refletir se realmente somos discípulos de Jesus.

Vemos que muitos até querem seguir Jesus, mas poucos querem ser discípulos pois para ser discípulo de Cristo demanda negação de si mesmo e desprendimento das coisas desse mundo.

Em Mateus 11:29 e em I Pedro 2:21

é aquele que aprende com um mestre e imita o mestre. O nosso mestre é Cristo (Mateus 11:29 e I Pedro 2:21). Já seguidor = acompanhate, observador.

Todo discípulo é um seguidor, mas nem todo seguidor é um discípulo. Sabe porquê?
O seguidor espera pães e peixes; o discípulo é um pescador.
O seguidor luta por crescer; o discípulo luta para reproduzir-se.
O seguidor se ganha; o discípulo se faz.
O seguidor depende dos afagos de seu pastor; o discípulo está determinado a servir a Deus.
O seguidor gosta de elogios; o discípulo do sacrifício vivo.
O seguidor entrega parte de suas finanças; o discípulo entrega toda a sua vida.
O seguidor cai facilmente na rotina; o discípulo é um revolucionário.
O seguidor precisa ser sempre estimulado; o discípulo procura estimular os outros.
O seguidor espera que alguém lhe diga o que fazer; o discípulo é solícito em assumir responsabilidades.
O seguidor reclama e murmura; o discípulo obedece e nega-se a si mesmo.
O seguidor é condicionado pelas circunstâncias; o discípulo as aproveita para exercer a sua fé.
O seguidor exige que os outros o visitem; o discípulo visita.
O seguidor busca na Palavra promessas para a sua vida; o discípulo busca vida para receber as promessas da Palavra.
O seguidor pensa em si mesmo; o discípulo pensa nos outros.
O seguidor se senta para adorar; o discípulo anda adorando.
O seguidor pertence a uma instituição; o discípulo é uma instituição em si mesmo.
O seguidor vale porque soma; o discípulo vale porque multiplica.
Os seguidores aumentam a comunidade; os discípulos aumentam as comunidades.
Os seguidores foram transformados pelo mundo; os discípulos transformaram, transformam e transformarão o mundo.
Os seguidores esperam milagres; os discípulos os fazem.
O seguidor velho é problema para a igreja; o discípulo idoso é problema para o reino das trevas.
O seguidor cuida das estacas de sua tenda; o discípulo desbrava e aumenta o seu território.
O seguidor sonha com a igreja ideal; o discípulo se entrega para fazer uma igreja real.
A meta do seguidor é ir para o Céu; a meta do discípulo é ganhar almas para povoar o Céu.
O seguidor necessita de festas para estar alegre; o discípulo vive em festa porque é alegre.
O seguidor espera um avivamento; O discípulo é parte dele.
Ao seguidor se promete uma almofada; ao discípulo se entrega uma cruz.
O seguidor é sócio; o discípulo é servo.
O seguidor responde "talvez..."; o discípulo responde "eis-me aqui".
O seguidor espera recompensa para dar; o discípulo é recompensado porque dá.
O seguidor pede que os outros orem por ele; o discípulo ora pelos outros.
O seguidor procura conselhos dos outros para tomar uma decisão; o discípulo ora a Deus, lê a Palavra e em fé toma a decisão.
O seguidor espera que o mundo melhore; o discípulo sabe que não é deste mundo e espera o encontro com seu Senhor.

Que o Senhor tenha minsericórdia de nós e que possamos verdadeiramente entender o motivo para qual fomos chamados.

Pr Rubens Terra

—————

Voltar