House Church


Qual o padrão de vida cristã que você leva?

14-05-2011 00:11

 

  

"Convém que Ele cresça e que eu diminua" João 3:30

Vivemos num mundo onde as coisas são reais, onde tudo deve ser comprovado. Quando refletimos sobre as palavras de Jesus Cristo nos evangelhos somos chamados a atenção a olharmos para um Reino de amor, perdão, salvação e vida eterna.

A realidade da humanidade é triste, precária e vazia e quando o homem olha para si mesmo ele sente que existe algo faltando, um vazio existencial, vazio que não pode ser preenchido por coisas externas, mas mesmo assim o homem insiste em buscar naquilo que é externo para solução de seus problemas interiores.

É como um jogo de quebra-cabeça, se um peça está faltando o jogo está incompleto, a menos que essa peça seja colocada no seu devido local.

Esse vazio grita constantemente no coração das pessoas  e elas tentam buscar explicações e formas para que esse vazio seja preenchido.

Muitos até dizem que é difícil acreditar em Deus e até viver uma vida nos padrões dados por Ele, mas eu digo que mais difícil é permanecer com esse vazio.

Pode uma pessoas que se diz Cristã sentir esse vazio? Eu digo que sim e essa pergunta me leva a conclusão sobre dois aspectos: o da religiosidade e o da espiritualidade.

A maioria dos que se dizem cristãos na realidade são religiosos e vivem um espiritualidade superficial, ou seja, sem profundidade e conhecimento de Deus.

O evangelho de Jesus Cristo foi reduzido de tal maneira que deixaram as pessoas confusas e sem saber o que fazer.

Buscam obedecer regras para satisfazer sua religiosidade, porque não sabem como buscar a Jesus.

A falta conhecimento tem matado muita gente! Eu me preocupo quando veja a superficialidade das pessoas com relação a Deus, isso só indica falta de conhecimento baseado na experiência com Deus.  Pessoas perdidas e sem experiência com Deus que acham porque um dia levantaram a mão e fizeram um confissão pública bastou.

Esse é o legado que trazemos como herança, fomos ensinados assim, a pessoas aprenderam assim e nunca se preocuparam se o padrão de vida que levam é o padrão de vida que Cristo nos pede para viverem.

Os cristãos do século XXI se contentam em viver um cristianismo sem comprometimento.

É muito fácil dizer eu vou a igreja no domingo exerço a minha função de expectador e pronto, volto para casa satisfeito com minha religiosidade e me sinto dentro do sistema religioso opressor.

Outros se dizem servos, mas servos de quem? Se não servem a ninguém; Outros, ainda se dizem evangelistas e missionários, mas evangelistas e missionários de quem? Se não evangelizam ninguém e muito menos fazem missões; Outros se dizem Pastores, mas Pastores de quem? Se só pastoreiam a si mesmos.

Para esses, se lhes retirarem o título não fica nada, o mais importante é viver de impérios construídos para auto sustentação.

Quero lhes dizer isso não é ser cristão e muito menos o que Cristo nos ensinou.

O evangelho de Cristo tem que ser vivido na prática, em nosso dia-a-dia, em meio das circunstâncias difíceis, de forma clara e prática para que ninguém tenha dúvida de sua identidade como Cristão.

Eu gostaria que você fizesse uma reflexão sobre a vida que você leva diante do que a Palavra de Deus (Bíblia) afirma sobre aqueles que se dizem discípulos de Cristo.

As conclusões que você retirar dessa reflexão vão dizer o padrão de cristão que você é e para onde está indo.

Que o Senhor tenha misericórdia de nossas vidas.

 

Pr Rubens Terra

 

—————

Voltar