House Church


Prioridades

31-10-2010 14:56

    Em muitas passagens dos Evangelhos observamos Jesus chamar a atenção sobre as prioridades na vida dos seus discípulos.

 

 

 

                Essas questões muitas vezes eram mal entendidas por seus seguidores. Isto porque, quando se fala em prioridades vemos um forte sentido de satisfação da vontade humana agregados a ela.

                No final do Sermão do Monte, Jesus apresenta qual deve ser a prioridade dos cidadãos do Reino de Deus.

                O que deve ser buscado em primeiro lugar e que isso significa muitas vezes renuncia.

                Você já parou para pensar qual tem sido a prioridade da sua vida? Já pensou que lugar Deus ocupa em suas prioridades?

                Vivemos nesses tempos de pós-modernidade em que as pessoas sofrem pela inversão de valores em suas vidas.

                Cito uma das últimas palavras que o Sociólogo Betinho proferiu antes de falecer, na qual dizia que a crise mundial não é política, nem econômica, nem espiritual, mas a crise mundial é uma crise de sensibilidades.

                As pessoas estão ficando cada vez mais insensíveis, as pessoas se tratam como objetos e não como seres humanos.

                Os relacionamentos cada vez mais frios, e as aproximações sempre estão diante de um jogo de interesses – O que posso ganhar com isso!

                Até o Buscar a Deus tem passado por esse entendimento, colocando o Senhor como uma marionete à mercê da vontade humana.

                Se Deus me abençoar, então eu venho à igreja, eu participo das programações, eu serei fiel nos dízimos e ofertas...

                Lembro que logo após o grande milagre de Jesus quando multiplicou os pães e peixes e alimentou uma multidão. Essa mesma multidão logo após esse milagre continuou correndo atrás de Jesus.

                Aquela multidão via Jesus como um meio de para suprir suas necessidades.

Essa falha é sempre vista quando alguém segue Jesus por causa do que Ele possa dar.

                Quando Jesus fez a seguinte pergunta aquela multidão: vós me procurais, não porque vistes sinais, mas porque comestes dos pães e vos fartastes. Trabalhai não pela comida que perece, mas pela que subsiste para a vida eterna, a qual o Filho do Homem vos dará (Lc 6:26:27), Jesus estava dizendo vocês estão buscando a coisa certa pelos motivos errados.

                Gostaria que você pensasse sobre essas palavras desse editorial, e refletisse sobre qual tem sido sua prioridade e motivação diante do Reino Deus.

 

Rubens F. C. Terra

 

—————

Voltar