House Church


O Sentido da Páscoa

02-05-2011 23:04

 

Estamos num momento no qual chamamos de Semana Santa, véspera de um dia festivo que chamamos de Páscoa.

A grande maioria dos cristão pouco sabe do significado desta festa e também o sentido que deve ter para sua vida.

Vamos contextualizar um pouco... o que vemos e ouvimos no nosso dia-a-dia sobre a páscoa e quais os significados que estão agregados que a tornaram um grande momento da vida do povo de Deus em uma mera oportunidade comercial.

Quando nos lemos o capítulo 12 do Livro do Êxodo lemos o relato da instituição da Páscoa, mas também vemos a questão sobre a necessidade de se saber o seu significado também presente.  “Quando os vossos filhos perguntarem que rito é este?” Êxodo 12:26.

Veja que o Senhor nos chama a atenção para o significado deste rito e que deve ser ensinado e transmitido de geração para geração.

Todo o simbolismo fala por si só, elementos surgem – Cordeiro, pão, vinho, ervas amargas e quatro taças de vinho misturado com água – que vão prefigurar uma grande obra que o Senhor faria na Cruz do Calvário.

Devemos ter consciência da profundidade do tema e seria impossível querermos esgotá-lo em uma mensagem.

Para isso eu gostaria de extrair a essência desse momento tão importante para o cristão e para que você entenda o seu significado para sua vida.

Desta forma é necessário se construir um pano de fundo histórico para facilitar o perfeito entendimento sobre as verdades que os Textos Sagrados nos ensinam.

Os israelitas (Povo de Deus), estavam sendo escravizados pelo Egito, onde havia grande sofrimento em meio aquele povo de Deus.

Os filhos de Israel, gemiam sob a servidão e por causa dela clamaram, e o seu clamor subiu a Deus. Ouvindo Deus o seu gemido, lembrou-se da sua aliança com Abraão, com Isaque e com Jacó. E viu Deus os filhos de Israel e atentou para a sua condição (Ex 2:23-25).

Os Hebreus celebravam a Páscoa em lembrança da libertação da escravidão que tiveram no Egito.

Além da memória de que Deus usou de poder para libertar aquele povo indefeso do poderoso Egito, eles lembravam de que Deus poupou seus primogênitos da morte.

"Moises disse: Assim diz o SENHOR: Cerca da meia-noite passarei pelo meio do Egito. E todo primogênito morrera, desde o primogênito de Faraó ate o primogênito dos servos e todo o primogênito dos animais. Haverá grande clamor em toda a terra do Egito, qual nunca houve, nem haverá jamais, porem contra nenhum dos filhos de Israel, desde homens ate aos animais, nada acontecera, para que saibais que o SENHOR fez distinção entre os egípcios e os israelitas" Ex 11:4-7.

—————

Voltar