House Church


O Tempo não pára

12-10-2011 20:34

Um dos temas que sempre me fascinou desde criança é falar sobre o “tempo”.

Lembro quando ficava na frente da TV para assistir o antigo seriado o “Túnel do Tempo”.

A possibilida de poder viajar no tempo, ainda que fosse uma utopia, fazia minha imaginação voar. O Tempo é algo que o homem sempre tentou dominar, entretanto, ainda não conseguiu nem ao menos explicá-lo por completo, o certo é que ele passa para todos.

Uma das marcas do Século XXI é o fato da humanidade estar correndo contra o tempo. As pessoas não querem perder tempo, e isso nos faz redundates em dizer que ao mesmo tempo parece que não se tem tempo para se fazer o que precisa ser feito.

A uns anos atraz, década de 90, foi lançado um filme com o título (Feitiço do Tempo) onde seu enredo se dá numa pequena cidade onde um jornalista é destacado para cobrir um evento (Dia da Marmota), que na realidade é um festival que precede a chegada da primavera.

Até aí não tem nada de mais, só que o que aconteceu é que o personagem fica preso no tempo, ou melhor no mesmo dia, e esse dia se repete sem passar para o dia seguinte. Todas as manhãs tudo volta a ser igual, ou seja, a repetição do mesmo dia.

Reflita comigo! O tempo é um a realidade para todos e sabemos que nossa percepção sobre ele não é igual para todos.

Existem situações que parecem se repetir adieternamente como se o tempo não passasse, como se as pessoas se tornassem presas aquele momento.

Vivemos situações e momentos em nossas vidas que são tão desmotivantes tal como a Festa da Marmota no filme. Dessa forma devemos rever nossos conceitos e atitudes diante das rotinas stressantes de trabalho e tarefas de nosso dia, pois elas se prestam para nos colocar em prisões (cadeias no tempo).

Cadeias onde as pessoas repetem, repetem, repetem dia após dia seus trabalhos e acabam fazendo as coisas mecanicamente sem estarem atentas para a essência e motivos do que estão realizando.

A Palavra de Deus nos afirma que há tempo para todas as coisas, todos os propósitos debaixo do céu. (Ec 3)

Assim, podemos dizer que tempo e propósitos não se separam, Deus faz todas as coisa alinhadas ao seu tempo e aos seus propósitos.

Por isso podemos afirmar que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus. (Só entende isso que vive consciente de que Deus é soberano sobre tudo e todos)

Entender tudo isso é compreender e aceitar sua soberania sobre as nossas vidas. Quando passamos ter essa consciência vivemos melhor a partir da liberdade que somente o Senhor Deus pode dar.

Todas as vezes que vemos o tempo sendo referenciado em sua Palavra ele está perfeitamente alinhado ou atrelado a execução de um propósito.

Em Ec 3:1 vemos em palavras objetivas mas com uma profundidade tamanha de que há tempo para todo o propósito. Circunstâncias extremas são apresentadas de forma que pontuam momentos na vida de qualquer ser humano. Qual o problema então?

O problema está quando olhamos apenas para o tempo sem olhar e entender o propósito. (Cf. Ec 8:7). Porque não sabe o que há de suceder; e, como haja de suceder, quem lho dará a entender?

Sabemos que não temos domínio sobre o futuro, pois ele pertence a Deus e se a Ele pertence o futuro, entendemos que o Senhor está constantemente preparando um novo Tempo para os seus filhos.

Ao mesmo tempo que faço essas afirmativas estou apontando para fatos, eventos e circunstâncias inseridas nesse contexto.

O Triste é que a grande maioria das pessoas estão vivendo o Dia da Marmota (expressão no filme) sem conseguir viver um novo dia a cada manhã.

Por isso eu te desafio a viver um novo tempo em sua vida, consciente daquilo que está realizando a cada momento, mas acima de tudo entendendo que Deus está no controle.

Pr Rubens F. C Terra

—————

Voltar