House Church


Coração Endurecido

27-10-2010 11:24

 

Talvez algum dia você já teve a experiência de ter plantado alguma árvore ou sementes.

Em minha vida já plantei muitas arvores e semente e muitas vezes tive dificuldades no plantio,  devido o terreno ser muito duro e sem nenhuma vegetação. Meu desejo era plantar, mas a terra era tão dura que a enxada batia na terra e voltava, sem muito sucesso. Essa experiência sempre me leva a refletir sobre as palavras de Jesus na parábola da semente (Mc 4:26-29).

O homem nada pode fazer por seu próprio esforço (ou força) para vencer o pecado e ter uma vida moral reta.

Se o Senhor não operar em nosso coração pela ação do seu Santo Espírito, é impossível lançar uma só semente na terra, pois cairá sobre terreno desértico, endurecido e se queimara sob o sol e jamais produzirá fruto. Somente Deus pode transformar o deserto em manancial de águas, num jardim de bênçãos.

O que então é preciso fazer? Toda revelação que o Espírito de Deus nos trouxer a memória a respeito das nossas falhas de caráter é uma cova que foi aberta, rasgada, preparada para receber a semente (Palavra).

É Deus que opera em nosso coração através da Palavra lançada. Temos que ter consciência que a semente vai germinar, nascer, crescer, fortalecer-se e produzir fruto, tudo no seu devido tempo, sem a necessidade da nossa intervenção. “ O Reino de Deus é assim como se um homem lançasse a semente a terra; depois dormisse e se levantasse, de noite e de dia, e a semente germinasse e crescesse, não sabendo ele como...”. (Mc 4:26-29).

Por isso tenho que descansar nos Senhor (Is 30:15), ouvir a Palavra do Senhor ( Is 1:19). Tenho só que permanecer no Senhor e deixar que as sementes permaneçam em mim (Jo 15:7).

O que tenho que fazer é amar, é isso que o Senhor quer de mim, o amor, e não meu esforço.

Deus pega um coração duro, árido por tantos anos de rejeição a Cristo, um coração que pecou e tinha prazer no pecado e, sem forçar, impor ou agredir, transforma num coração adorador.

 A Graça de Deus tem o poder de transformar num adorador um coração duro e pecador, cheio de falhas, auto-suficiente e que tenta fazer as coisas por sua própria vontade. Temos que entender que não é nosso esforço que nos dará a vitória sobre a dureza de coração, mas a maravilhosa Graça do Senhor. 

Atualmente vivemos no tempo das aparências, ou seja, na linguagem de hoje uma realidade virtual que deixa o homem cada vez mais distante de sua real identidade. É o pecado mascarado em suas diversas facetas. A melhor veste que muitos têm para vestir é uma máscara. Mascaras para todas as ocasiões. O pior de tudo é que isso também ocorre dentro das Igrejas.

Muitos crentes hoje estão com seus corações cauterizados e estão nesta situação por não levarem a sério a Palavra do Senhor.

O tempo passa e nada acontece, não há crescimento, não há arrependimento, vidas em total inércia espiritual. É o Crente Ativista, gostam de muito movimento, mas não provam do mover de Deus em suas vidas. A boa semente lançada a cada pregação ouvida, não encontra cova e sim espinhos: ódio, tristeza, insatisfação, dúvidas, falta de perdão, permissividade, espírito de murmuração e outros espinhos que assola o coração.

Mas meus queridos saibam se o pecado abundar a Graça vai superabundar e a excelência moral só pode vir pelo Senhor. A Santificação é Ele quem opera em nós. A Graça de Deus não apenas ensina os homens a rejeitarem a vontade da carne, a impiedade e a injustiça, mas os capacita a viver de forma a agradar a Deus.

Pr Rubens F. C. Terra

—————

Voltar