House Church


Cinquenta Tons de Cinza

09-01-2013 23:11

Confesso que tenho certa dificuldade de entender esses tempos confusos de pos-modernidade que vivemos.

Todo dia acontece algo novo que nos chama a atenção pelo inesperado.

Por acaso tive acesso a uma reportagem em uma revista de grande circulação sobre o livro erótico para mulheres intitulado “Cinquenta Tons de Cinza” (romance erótico) de autoria Erika L. James.

Diante disso, algumas coisas me chamaram a atenção, uma delas foi o espaço destinado a essa matéria pela revista, mais de 10 páginas. Pensei comigo! Ou a revista não tem o que publicar ou o assunto é muito importante.

A matéria trás muitas informações não somente sobre o livro, mas as suas repercussões diante do público, principalmente do público feminino.

Muitas são as opiniões, indo daqueles que amaram até os que odiaram o livro. Considerado um best-seller, já ultrassou as vendas de livros como Código Da Vinci e Harry Potter.

Não tenho dúvidas que muitos estão procurando o livro apenas por curiosidade (pessoas que não tem o costume de ler), já outros porque gostam de ler e leem de tudo.

Em síntese o livro conta a história de uma virgem de 21 anos que cursa a Faculdade de Literatura e que após realizar uma entrevista com um milionário começa um relacionamento de submissão que servirá de base para a trama do livro. Segundo os críticos o livro tem uma linguagem bastante simples, mas ricas em detalhes e trás a tona as realidades de um envolvimento sadomasoquista.

Pelo que parece o livro chamou principalmente a atenção das mulheres.

Dizem até que lojas especializadas (Sex Shop) esgotaram seus estoques de cordas, algemas e outros materiais eróticos, alegando que essa procura à Sex Shop foi motivada pelo livro.

Meu objetivo em si não é falar sobre o conteúdo do livro a questão que gostaria que você pensasse é sobre quais os referenciais que norteiam a nossa vida.

Talvez você pergunte: “Porque tratar desse assunto?”

Vejo que para muitos é perda de tempo, já para outros é uma oportunidade para pensar.

Vivemos num mundo globalizado e a velocidade das informações nos atropela como um trem desgovernado.

Diante desse turbilhão é muito fácil perder o referencial daquilo que é absoluto e inegociável. Como cristãos devemos estar atentos aos movimentos que estão ocorrendo ao nosso redor.

Sei que muita gente não tomou conhecimento deste livro e nem vai ter acesso ele, mas para aqueles que têm o acesso à informação, creio que vale a pena refletirmos um pouco.

Enquanto lia a matéria sobre o livro, muitas coisas me passaram a mente. Por exemplo: O que motivou pessoas a correrem desenfreadamente atrás de um livro desse gênero? O que elas querem descobrir? Existem fantasias por traz de tudo?

Essas foram apenas algumas, pois são tantas as perguntas e tantas interrogações. ( ??????...)

Veja só isso, a matéria da revista relata que um hotel na Inglaterra, em uma estratégia de Marketing, substituiu as Bíblias que ficavam na cabeceira das camas nos quartos do hotel por exemplares do livro.

Essa atitude me chamou a atenção e fiquei intrigado com essa informação não porque as bíblias desse hotel foram substituídas por um livro erótico, mas sim porque a direção desse hotel mantinha, quem sabe por anos, as Bíblias no quarto.

Para muitos a Bíblia é apenas um livro, para aqueles que creem em Deus é a sua Palavra, que tem o poder de transformar o mais miserável dos homens.

Conheço muitos testemunhos de pessoas que tiveram suas vidas transformadas ao lerem a Bíblia, mas confesso que nunca vi ou ouvi de alguém que fora transformado ao ler Shakespiere, Camões ou qualquer outro autor.

“Vocês foram regenerados, não de uma semente perecível, mas imperecível, por meio da palavra de Deus, viva e permanente.” (1 Pedro 1:23).

Essa palavra do Apostolo Pedro nos afirma que a Palavra de Deus tem o poder de nos regenerar.

Certa vez um casal estava passando por problemas no relacionamento e foi aconselhado a eles que lessem a Bíblia todos os dias.

Na primeira semana o marido chegou para esposa e disse: “precisamos mudar”. Na semana seguinte ele chegou para esposa novamente e disse: “estamos perdidos”. E por fim na terceira semana ele disse: “Querida! Estamos salvos, porque Deus nos ama”.

A verdade é que a Bíblia é nosso alimento espiritual diário, quanto mais a lemos mais Deus fala conosco, mais íntimos ficamos D’Ele, mais e mais compreende a sua vontade para nossas vidas.

Não troque a Palavra de Deus por qualquer literatura, como fez direção do hotel que mencionei anteriormente.

Pense comigo: O que tem norteado a sua vida? Você tem buscado saber qual a vontade de Deus para tomar decisões importantes em sua vida? Você está confuso e insatisfeito? A vida parece que não tem sentido. As coisas já não estão em tons de cinza, mas pretas para o seu lado.

Então, busque as respostas no lugar certo, ainda mais se você for um Cristão.

Que Deus tenha misericórdia de nós.

Pr Rubens Terra

—————

Voltar